No Maio Amarelo, Detran-SP registra recorde no número de veículos fiscalizados na Operação Direção Segura Integrada

05/06/2023

São Paulo, 5 de junho de 2023 – Levantamento exclusivo do Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo (Detran-SP) mostra que maio deste ano, mês voltado para a conscientização e redução de acidentes e óbitos de trânsito, foi o período com mais veículos fiscalizados na Operação Direção Segura Integrada (ODSI) desde o início da série histórica, iniciada em 2013.

Foram 20.182 abordagens de motoristas em diferentes municípios em todas as regiões do Estado. Se compararmos com o mesmo mês do ano passado, por exemplo, o total de fiscalizações mais que dobrou. À época, 10 mil veículos foram abordados, o que representa um aumento de 102% nas ações deste último mês. Se compararmos os primeiros cinco meses de 2023 com o mesmo período de 2022, o índice de fiscalizações cresceu 67%. Entre janeiro e maio deste ano, 75.109 motoristas foram fiscalizados, contra 44.917 nos cinco meses iniciais do ano passado.

Além do Detran-SP, as fiscalizações integram também equipes das polícias Militar, Civil e Técnico-Científica, e são realizadas nas noites de sexta, sábado e madrugadas de domingo.


ODSI em maio

Em maio deste ano, o Detran-SP contabilizou 761motoristas que não sopraram o bafômetro. Em relação aos motoristas flagrados dirigindo sob influência de álcool, quando o teste do etilômetro aponta o índice de até 0,34 mg de álcool por litro de ar expelido, o Departamento de Trânsito registrou 60 casos.

Vale lembrar que tanto dirigir sob efeito de álcool - quando o teste do etilômetro aponta o índice de até 0,34 mg de álcool por litro de ar expelido - quanto recusar-se a soprar o bafômetro são consideradas infrações gravíssimas, segundo os artigos 165 e 165-A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Em ambos os casos, o valor da multa é de R$ 2.934,70 e o condutor responde a processo de suspensão da carteira de habilitação. Se houver reincidência no período de 12 meses, a pena é aplicada em dobro, ou seja, R$ 5.869,40, além da cassação da CNH.

Já em relação aos casos de embriaguez ao volante, quando os motoristas apresentam índice acima de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro, houve 14 registros. Esses casos são considerados crimes de trânsito - e os motoristas flagrados nessa situação são conduzidos ao distrito policial e respondem a processo criminal. Se condenados, eles poderão cumprir de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a Lei Seca, também conhecida como “tolerância zero”.


Maior blitz da história

Encerrando a campanha do Maio Amarelo do Detran-SP - embora tenha ocorrido no primeiro final de semana de junho -, foi realizada a maior blitz da Operação Direção Segura Integrada-ODSI em São José do Rio Preto. Realizada no último sábado (3), a megablitz abordou 2551 motoristas, nos dois sentidos da Rodovia Washington Luiz (SP-310), na altura do km 443, com apoio de equipes do 3º Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, e das policias Civil e Técnico-Científica. Foram registradas 54 recusas ao teste do bafômetro e três casos de direção sob efeito de álcool. Outras 199 multas foram aplicadas durante a operação por infrações de trânsito não relacionadas com o uso de álcool ao volante, como dirigir com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou licenciamentos vencidos.

A operação em São José do Rio Preto foi a maior ODSI já realizada pelo Detran-SP em toda a série histórica, desde 2013. Antes dessa, a segunda maior fiscalização da série ocorreu em novembro de 2022, em Bauru, com 2.132 abordagens. Em maio deste ano, em Presidente Prudente, aconteceu a terceira maior ODSI realizada pelo Detran-SP, com 1.832 abordagens.


Campanha do Detran-SP

Com o slogan “No trânsito, respeite a sua vida e a dos outros”, o Detran-SP lançou no último mês uma campanha publicitária relativa ao Maio Amarelo, com foco em três fatores de risco que estão entre as principais causas de mortes nas vias: o excesso de velocidade, o consumo de álcool combinado com direção e o uso de celular ao volante.

Do total de acidentes de trânsito com óbitos, 94% são causados por falha humana, segundo o Infosiga - Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo. Daí a escolha das três principais causas para a campanha – excesso de velocidade, alcoolemia e distrações ao volante, lideradas pelo uso de celular. Juntas, elas respondem por 70% desses acidentes nos quais houve falha do motorista, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

Inspirado em histórias reais de pessoas que tiveram suas vidas impactadas por acidentes, a ação passou a ser veiculada desde 11 de maio, em rádio, TV, internet, além de anúncios em espaços públicos. Estudos que apontam como más escolhas dos condutores contribuem para o aumento de fatalidades embasam as peças. A campanha traz comparativos entre o ato imprudente do motorista e a sua consequência para os acidentados.


Sobre o Detran-SP

O Detran-SP trabalha incessantemente para a prevenção de acidentes e preservação de vidas, tendo como meta a organização de um trânsito mais seguro e harmônico entre todos os modais. O Órgão, que passa por uma reestruturação, está comprometido com a busca constante da excelência de serviços aos cidadãos, a partir dos valores de integridade e transparência em seus processos. Atualmente, adota progressivamente a transformação digital para impactar positivamente na qualidade de vida dos paulistas, facilitando o atendimento às demandas cotidianas da população. Cerca de 93% dos atendimentos feitos nas unidades do Detran-SP integradas ao Poupatempo são digitais.

Maior órgão executivo de trânsito do País, o Departamento de Trânsito Paulista é responsável por 28% da frota do Brasil, com mais de 32 milhões de veículos registrados e mais de 27 milhões de motoristas habilitados em todo o Estado. Todos os meses, emite cerca de 400 mil Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 1,2 milhão de Certificados de Registro e Licenciamento Veicular (CRLVs). São mais de 136 mil documentos emitidos por dia, em média.

Outras notícias

R$ 20 milhões em peças ilegais: operação conjunta da Polícia Civil e do Detran-SP fecha venda de itens falsificados

24/05/2024

Infosiga entra no ar com a campanha do Maio Amarelo e evento na sede do governo de SP

20/05/2024

Conscientização sobre segurança no trânsito é foco da campanha do Detran-SP durante o Maio Amarelo

20/05/2024

Voltar

 

DETRAN - SP