Detran.SP lança 2ª edição do Pitstop do Programa Motofretista Seguro na Praça Charles Miller nos dias 21 e 22

06/07/2021

São Paulo, 6 de julho de 2021 - O Detran.SP realiza nos dias 21 e 22 deste mês uma nova edição do Pitstop do Programa Motofretista Seguro. A ação será concentrada na Praça Charles Miller em frente ao Estádio Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu) das 7 às 17 horas. No ano passado, o evento aconteceu simultaneamente embaixo da Ponte Estaiada e SP Market, na Zona Sul, e na esquina da Brás Leme com a Santos Dumont, na Zona Norte.

A iniciativa dá sequência à rede de proteção lançada pelo Governo do Estado ano passado, durante a Semana Nacional de Trânsito, para dar o devido amparo a uma categoria profissional que tanto tem contribuído com a população durante a pandemia. A expectativa do departamento é reunir mais de 9 mil motoentregadores. O objetivo da iniciativa é justamente ampliar o número de participantes do Motofretista Seguro. Mais de 3 mil motofretistas já se inscreveram no programa.

Há muitos atrativos para os motociclistas que passarem pelo Pitstop. O principal deles é oferecer aos condutores acesso a linhas de crédito especiais junto ao Banco do Povo Paulista e o Sebrae para aquisição de motos (R$ 8,1 mil) e equipamentos (R$ 3 mil), além de condições diferenciadas de financiamentos com empresas parceiras da iniciativa. O benefício é voltado para condutores que já estão com a CNH regularizada, têm no mínimo 21 anos e exercem profissão remunerada.

A ação conta com recursos públicos provenientes da arrecadação de multas. Para dar andamento à solicitação de inscrição no programa, basta preencher o cadastro no portal www.motofretistaseguro.sp.gov.br e seguir as orientações.

Além da ajuda financeira em caso de inscrição, os motociclistas que marcarem presença no Pacaembu poderão participar de um quiz sobre comportamento e educação no trânsito e receber prêmios. Enquanto isso, suas motos passarão por um check-up da Porto Seguro dos itens básicos de segurança. Coletes refletivos, capacetes e antenas corta pipa serão alguns dos brindes distribuídos.

A carreta do Programa Via Rápida, do Centro Paula Souza, oferecerá também palestras sobre manutenção em motocicletas. A Companhia de Engenharia de Tráfego da Secretaria de Mobilidade e Transportes da cidade de São Paulo dará suporte operacional durante toda a programação do Pitstop.


Interações

Equipes do Detran.SP e parceiros realizarão interações com os motofretistas, atendimentos de saúde e distribuição de material informativo com o objetivo de aumentar a conscientização sobre a importância de uma condução segura. Por conta da pandemia do coronavírus, todas as abordagens respeitam os protocolos sanitários e o distanciamento social.

“O objetivo do Detran.SP é oferecer condições melhores de trabalho para os motofretistas. Contamos com o apoio dos sindicatos e abrimos diálogo para os setores que compõem todo esse ecossistema. Queremos construir uma ampla rede de proteção para esses profissionais. Nossa meta é atingir em torno de 250 mil motofretistas”, explica Neto Mascellani, presidente do Detran.SP. 

Durante a pandemia de Covid-19, foi constatado aumento no número de motociclistas que atuam em serviços de delivery e outros motofretes. Segundo pesquisa da Rede Lucy Montoro, 57% das vítimas de trânsito com sequelas são motociclistas e, hoje, os acidentes envolvendo esse modal são quatro vezes superior aos de carros.

De acordo com os novos dados do Infosiga SP, sistema do Governo do Estado gerenciado pelo programa Respeito à Vida e Detran.SP, divulgados em junho, as ocorrências com ocupantes de motocicletas se mantiveram estáveis (754 em 2020 e 758 em 2021). Em relação a outros modais, os números foram: 470 de automóveis, 414 pedestres e 151 de ciclistas.

Outras notícias

Em dezembro, fatalidades de trânsito superam média anual

10/12/2020

Voltar

Retirada CRV

Serviço exclusivo para o CRV, que é o documento de compra e venda. O licenciamento anual agora é digital (CRLV-e)

Saiba mais

Serviço exclusivo para o CRV, que é o documento de compra e venda. O licenciamento anual agora é digital (CRLV-e). Este agendamento é exclusivo para retirada de CRV (Certificado de Registro de Veículo) que já foi emitido.